sábado, 12 de Maio de 2012

Rato do Campo e Rato da Cidade


"Rato do Campo e Rato da Cidade" é uma série de animação co-produzida pela França e pelo Canadá, inspirada numa colecção de livros vagamente baseados na conhecida fábula de Esopo. A série foi produzida pela France Animation, CINAR, Canal J, France 3, e pela Readers Digest. Foram produzidas 2 séries, a primeira de 26 episódios em 1997, e a segunda também de 26 episódios em 2000. Os episódios foram escritos por Patrick Granleese, Caroline R. Maria, e Bruce Robb; e realizados por Marcos da Silva e Remy Husson.
A primeira adaptação das personagens, ocorreu num especial de Natal de 1993, intitulado "Rato de Campo e Rato de Cidade:Um Conto de Natal".

História

Emília vive no campo, e o seu primo Alexandre vive na cidade. Os dois ratos viajam pelo mundo num balão.
Em cada episódio, os nossos heróis recebem uma carta de um membro da família, que vive num determinado país, pedindo-lhes para ajudar uma criança a resolver uma investigação perigosa.
Em muitas das suas aventuras, a Emília e o Alexandre têm de enfrentar o ladrão que se disfarça de ratazana, chamado Sem Cauda Desbondoso,

A série estreou na RTP em 1998, com dobragem portuguesa, e repetiu no Canal Panda.

Genérico


Letra
Eu adoro o Campo,
e eu prefiro a cidade,
mas quando trabalhamos juntos
fazemos um par de verdade.

A Emília e o Alexandre,
amigos a valer,
histórias e aventuras
é com eles podes crer.

Gostamos mesmo é de viajar,
amigos aos molhos ter,
mas nunca nos livramos
de um bom mistério por resolver.

Ratos, ratazanas
criminosos, pois então,
podem vir que nós cá estamos,
pelo sim e pelo não.

A Emília e o Alexandre,
amigos a valer
histórias e aventuras
é com eles podes crer.

O Rato de Campo e o Rato de Cidade.

Personagens

Emília

Voz-Zélia Santos

Alexandre

Voz-Jorge Mota

Sem Cauda Desbondoso

Voz-Raul Constante Pereira

Excerto


Comentem!!

3 comentários:

Aninhas disse...

Houve uma altura que havia muitos desenhos animados com ratos. Lembro-me de ter pesadelos com o Basil, o rato detective, numa determinada cena em que aparecia o mau da fita :\

Ana Pimentel disse...

Que saudades! Eu via tudo isto!
Este blog é definitivamente um dos meus favoritos...com tantos desenhos animados da minha infância, mais de metade já nem me lembrava deles!

Lena disse...

ADORO!!! Há anos que ando à procura deles. Quando deixou de dar na televisão fiquei muito triste, e por isso para nunca mais esquecer, desenhei-os.
Era um culto, não perdia nenhum:)