segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Homenagem ao actor Jorge Vasques

Natural de Coimbra, Jorge Vasques começou a sua carreira como actor profissional em 1979. Em 1991 iniciou-se na locução e dobragens de desenhos animados.
Na tv, fez as séries "A viuvá do Enforcado" e "Clube Paraíso", além de várias participações em séries e sitcoms, como "Os Andrades" e "Contos das Mil Uma Noites". Recentemente participou nas séries da RTP, "Liberdade 21" e "Pai à Força".
No teatro, colaborou com diversas companhias: O Bando, Tété/Teresa Ricou, Joana Grupo de Teatro, Realejo, Pé de Vento, Os Comediantes, TEAR, Teatro Experimental do Porto, Seiva Trupe, London Theatre Ensemble, Welfare State International, Ensemble, Teatro do Bolhão, Assédio e Teatro Nacional São João. Foi dirigido por encenadores como Geraldo Tuchê, Ricardo Pais, Alberto Pimenta, João Luiz, Isabel Alves, João Paulo Costa, Júlio Cardoso, Julio Castronuovo, Rogério de Carvalho, Norberto Barroca, Mark Donford-May, Ulysses Cruz, Moura Pinheiro, Mário Feliciano, Carlos Avilez, Nuno Carinhas, Alberto Bokos, Roberto Lage, Giorgio Barberio Corsetti, Alexander Kelly, João Grosso, entre outros. No cinema, trabalhou com Manoel de Oliveira, Joaquim Leitão, Christiane Lehérissey e Cláudia Clemente.
Integrava o elenco da Assédio que representava "O Feio", de Marius von Mayenbyrg, no Teatro Helena Sá e Costa, no Porto. O actor faleceu no camarim, após a representação da peça no passado Sábado.

Infelizmente não tive oportunidade de fazer em vida, um video de homenagem ao actor, pois acho que homenagens não devem ser feitas só quando morre alguém. Aqui fica um video feito por mim, com alguns trechos de dobragens e trabalhos na tv.



Obrigado e até sempre!!

7 comentários:

Francisco Baptista disse...

Boa noite,

Conhecem um programa infantil português que dava na rtp chamado Ícaro? Era um misto de animação e actores humanos.
As memórias que tenho dele são tanto ou quanto tenebrosas.

Abraços

Casimiro disse...

Não o conhecia "pessoalmente", ou seja, a sua fotografia era-me desconhecida.

Mas a sua voz acompanhou-me desde a infância. Era daquelas que nos fazia viajar ao passado só de ouvir uma palavra

andré garcia disse...

Estou muito triste com o desaparecimento deste mestre da dobragem. Acho que já o vi num filme do Oliveira, sim. Obrigado por teres partilhado, esta triste notícia connosco. O teu blog é sublime. Obrigado e que o SR. Jorge Vasques possa descansar em paz. RIP.

Kat disse...

Que pena. São sempre os melhores que nos deixam mais cedo. Era a voz do Egas ou do Becas? Estará sempre presente nas nossas melhores memórias de infância. Ajudou muitas crianças a serem felizes. É pena não se dar mais crédito aos actores de locução.

Desenhosanimados disse...

O actor dobrou o Becas, mas só na quarta série. Nas primeiras 3 séries quem dobrou a voz do Becas foi o actor Rui Paulo.

Desenhosanimados disse...

Sim, há um programa chamados Ícaro que era um misto de animação e actores.

Anónimo disse...

Este actor deu a voz ao mestre Splinter , na serie de animação "Novas Tartarugas Ninjas" , era uma personagem genial!!