sábado, 20 de setembro de 2008

A Árvore dos Patafúrdios

Pela primeira vez no blog uma produção nacional.
Ainda se lembram "Que incrível que pareça, que incrível que pareça, não há nada, não há nada, que não nos aconteça. Oh sorte malvada, que vida desgraçada..."???
Esta série de marionetas foi criada em 1984 por João Paulo Cardoso. Foi produzida no Porto com textos de Sérgio Godinho que também canta o genérico e música de Jorge Constante Pereira. Os bonecos são de Carlos Dias e Inês Guedes de Oliveira, produção de Ana Maria Roseira e realização de Narciso Guedes.
A série mistura música com as divertidas aventuras dos habitantes da árvore e o sonho Patafúrdiano de voar um dia.
Os habitantes da árvore são o Filipe Adão o inventor, a simpática Eulália, o Vinte e Quatro o sabio que fala em verso, a Salomé e os seus filhinhos os Patafúrdinhos, o Murcão e o Canelão que toma conta da plantação de esparguete(a comida dos Patafúrdios). Para além dos Patafúrdios vivem na árvore os bichos da maçã que estão sempre a fazer troça. Em cada episódio os Patafúrdios recebem a visita do caixeiro viajante Tomé que é apaixonado pela Patafúrdiana Eulália.

Episódios

1-A descoberta da árvore
2-A civilização campista
3-A máquina do Filipe Adão
4-A fuga dos Patafurdinhos
5-O sol não nasce
6-Voar
7-O Murcão toma o poder
8-O livro de poemas
9-A Eulália foi-se embora
10-O aeroporto
11-A máquina do tempo

A série passou pela primeira vez na rtp em 1985.

Manipulação e Vozes:

Ana Queiroz-Salomé


João Paulo Cardoso-Filipe Adão


Mário Moutinho-Vinte e Quatro


Mário Silva-Canelão


Raimundo Tavares-Murcão


Regina Castro-Eulália


Raul Pereira-Tomé


Catarina Costa e Maria Joao Pires-Patafúrdinhos


Zé Castro Meireles e Mario Moutinho-Bicho da Maçã



Genérico da Série

Letra

Diz-me tu diz-me lá
quantas árvores há
no chão deste jardim
no chão do mundo inteiro diz lá
quantas árvores há

Umas com ramos a menos
outras com ramos a mais
Se são todas diferentes no fundo são todas iguais
quantas árvores há!



Excerto do 1º episódio


Deixem os vossos comentários!

11 comentários:

Daniel disse...

Excelente Blog e rigor em todos os Posts. Tomei a liberdade de colocar no meu blog alguns contúdos, espero que não se importe de partilhar!

www.filhosde80.wordpress.com

Abraço!

Desenhosanimados disse...

Claro, na boa!!

Biscoitinho disse...

LINDO!!!!!

AO TEMPO QUE EU ANDAVA ATRAZ DESTA SERIE!

REALMENTE É UMA PENA NÃO SE FAZER MAIS DISTO!

Sílvia Maria disse...

Estou completamente vibrada com o blog...que maravilha encontrar estas pérolas! Já não me lembrava das Árvore dos Patafurdios...que delícia recorda-los. Quem me dera ver novamente...

MDC disse...

Bruuuutalllll ... =D

Obrigada pela pesquisa...

xiclet disse...

Comento aqui só mesmo porque adoro a canção deste genérico. Adorei o teu blog!!! Que arquivo fantástico. Obrigada por me lembrares de tanta coisa divertida de que já nem me lembrava.. :D

Imperator disse...

era tão giro :-D

Tixa disse...

Eu tinha 9 anos em 84 e nunca me esqueci da Árvore dos Patafúrdios! Talvez por, já na altura, ser a fâ nº 1 do Sérgio Godinho! O hino da minha vida é a canção «Por incrível que pareça...». Alguém sabe a letra toda? Não é muito grande, mas falta-me a parte entre refrões, que não consigo perceber no vídeo, nem consigo encontrar na net...

Podem ajudar-me?

Obrigada!

Doritos disse...

Tixa, aqui está:

Por incrível que pareça
Por incrível que pareça
Não há nada, não há nada
Que não nos aconteça
Oh sorte malvada
Que vida desgraçada
Ai ai ai ai
Ai ai ai ai

São só coisas esquisitas
São só coisas complicadas
Infinitas trapalhadas

Por incrível que pareça
Por incrível que pareça
Não há nada, não há nada
Que não nos aconteça
Oh sorte malvada
Que vida desgraçada
Ai ai ai ai
Ai ai ai ai

Mizaa disse...

Ola e obrigado,eu tinha 4 anos e nunca me esqueci disto de facto a nossa infância foi de ouro tenho pena que os miúdos de hoje não vejam isto,ainda por cima produção nacional...continua a partilhar memorias;)

Helena Real disse...

Eu tinha 7 anos quando esta série passou na rtp e adorava... pena que já não fazem mais séries infantis como esta.